sábado, 2 de maio de 2009

VAZIO, PARA OS GAÚCHOS. FRALDINHA PARA O BRASIL.


















Estava eu no mercado, numa segunda feira, pensando, o que eu poderia fazer para o jantar. Algo bem rápido, saboroso. Minha mulher ainda no trabalho, eu já tinha terminado o meu, só faltava isso na minha lista do dia. Então fui para o açougue do mercado. Muitas opções, maminha, picanha, costela desossada, com osso, isso de gado. Na minha frente ainda tinha frango, e seus derivados, moela, coração. No entanto nada despertava meu interesse, até que eu volto para seção bovina e lá encontro um pelo pedaço de vazio, me nego a falar fraldinha, termo mais usado no Brasil, mas é um tanto nojento comer fralda, vazio sim é uma beleza soa até ligth.
Pego a bandeija, Coloco no carro, que já tem uma rúcula e cinco cebolas, dentro, um total de aproximadamente R$ 12,10. Bom e batato.
Em casa tenho, manteiga, sempre, papel alumínio, sal grosso e amaciante de carnes.
Decido gravar um post, pela facilidade do prato.

Vamos aos ingredientes.

• 1 Kg de vazio, ou fraldinha. O pedaço pode variar, na receita fiz com umas 750g.
• 4 cebolas cortadas em anéis ou meias luas.
• 4 colheres de sopa de manteiga, ou uma para cada cebola.

• Sal grosso.
Amaciante de carne, aqui uso um da maggi, em pó, ele amacia em 15 minutos e não influi muito no gosto da carne, mas pode amaciar também com vinagre, ou vinho (nesse caso pode lembrar, aquela máxima que diz que de o bêbado não tem dono, pois o vinho amacia, frouxa, solta a carne), até a casca do mamão, cumpre a função, depois de comer um, pega a casca e passe a parte interna no bovino, deixe dencansanso, pelo menos uma hora.
• Papel alumínio, para envolver a carne, não é para comer.

Agora, o modo de pepraro, em vídeo, e explicativo, onde mostro que o grande período de estudos na EADM,D,X&R (Escola de Artes Dramáticas Marmo, Dolabella, Ximenes & Reymond), já me torna apto para entrar na Escola Duarte's Dramáticas, com as mestras Gabriela e Regina Duarte. Amigos o importante é evoluir.

Bom filme a todos.


Começa em fogo alto, dá uma olhada nela, depois de uns 25 minutos.
Nem precisa virar, pois o laminado protege.
Fica bem bom! Duvida? Pergunta pra Baba!

12 comentários:

  1. baita receita...o que literalmente não fica vazio é o estômago!

    ResponderExcluir
  2. a melhor frase é: não precisa por muito porque é grosso! mas aahh bagual! baita alimento!

    ResponderExcluir
  3. Quente é o REI rolando de fundo.

    ResponderExcluir
  4. Gente que foto é essa?
    Muito muito muito bom!
    bjs bjs

    ResponderExcluir
  5. Ohhh sensacional Toscani...
    Nossa e eu que imaginava que a Lucia era a camara girl... ehehhe...
    Abs.

    ResponderExcluir
  6. eita, que baba boa! pagou-lhe o devido cachê?

    ResponderExcluir
  7. Peço desculpa pela intromissão, mas Vazio e Fraldinha são cortes distintos.

    ResponderExcluir
  8. Peço desculpa pela intromissão, mas Vazio e Fraldinha são cortes distintos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.youtube.com/watch?v=140RCbztsZo

      Excluir
  9. O nome é culinária tosca e o fresco vem com essa que fraldinha é nojento! rsrsr
    Vazio so se for o que sente quando o Carlão vai embora fresco!
    Vira homem e fala que essa mulher é de penca! kkkkk
    Fora essa baitolagem toda, excelente receita!
    Muito obrigado e um abraço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas que comentário de macho! Que delícia. Pena que apareceu anônimo. Quem é o vivente?

      Excluir